domingo, 8 de janeiro de 2017

Evolução Inevitável

Está escrito em algum lugar da Doutrina Espírita que os Espíritos sempre evoluem em direção ao bem e à perfeição. Eu acredito nisso porque quando fazemos lambanças, aprendemos com os erros, quando ficamos parados, aprendemos com a reflexão, e quando acertamos também aprendemos, ou seja, não há como não aprender, não há como não evoluir. Podemos até nos enganar se olharmos uma fração da vida do Espírito, achando que ele regrediu, mas tenho a certeza que se olharmos uma fração maior essa impressão vai se desfazer.

Se existe uma pequena vantagem em sermos bons, e creio que exista, e que não seja pequena, pois essa postura nos traz paz e equilíbrio, então essa pequena vantagem, multiplicada pela eternidade, só poderá nos transformar em anjos. Viu? Matemática pura. Somos uma equação inacabada.